O Instituto de Antropologia colige, com as eliminações ou alterações necessárias, todos os poemas que publiquei até à presente data.

 

JRS, Fevereiro de 2013

 

Senta-te aí
A cadeira está vazia, um corpo ausente não aquece
a madeira que lhe dá forma. E não ouço o recado
que me quiseste dar, nem a tua voz forte que grita
meninos na hora de acordar. Ouço o teu abraço, no
corredor, em Gaia, e os olhos molhados pela inusitada
despedida. O sol foge. Mas o crepúsculo desenha
a sombra que tenho colada aos pés. Ou o espelho,
coberto com a tua face. Pai: a minha sombra és tu.


Título: Instituto de Antropologia

Autor: Jorge Reis Sá

Colecção: Cadernos de Poesia

Nº de páginas: 176

Ano de edição: 2013

Formato: 115 x 185 mm

Acabamento: brochado

ISBN: 978-989-98233-1-0

Código editor: 1.01.001

PVP: 12,95€

Leia um excerto do livro



Outros livros que lhe poderão interessar

Junte-se a nós no facebook e twitter